Visualizações: 113
0 0
Tempo:1 minuto, 6 segundos

O estilista francês Thierry Mugler morreu na noite deste domingo (23). Aos 73 anos, embora estivesse afastado do mundo da moda há duas décadas, o designer revolucionou o mundo da moda ao abordar a sensualidade de forma incomparável. Para isso, as roupas da grife traziam recortes únicos — além do seu tradicional shape do triângulo invertido, em que os ombros eram evidenciados e o restante do look se esculpia ao corpo como uma ampulheta.

A “consciência corporal”, como seus trabalho muitas vezes foi creditado, era seu guia principal. A partir disso, criou-se uma moda surrealista e, muitas vezes, até mesmo fetichista. Mugler criou seu próprio mundo sabendo que, para causar impacto, era preciso exagerar.

Seu sucesso começou nos anos de 1980, mas foi em 1990 que a fama, acompanhada de um imenso retorno financeiro, começou a bombar com o debut da fragrância “Angel”, que alavancou o nome da Mugler em todo o mundo.

Quando se afastou da moda, em 2002, o estilista voltou a usar seu nome de nascimento, Manfred. Através da prática de fisiculturismo e de cirurgias, o artista passou por uma mudança na aparência.

Vale reforçar que atualmente Casey Cadwallader é o diretor criativo da marca, desde 2017. O americano substituiu Nicola Formichetti, que, além de ter comandado a Mugler, atua como diretor de moda de Lady Gaga.

Sobre o autor da postagem

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário