Marcelo Adnet
Marcelo Adnet dispara contra Marcelo Crivella em rede social (Imagem: Reprodução / Globo)

Marcelo Adnet foi um dos telespectadores do RJ2 da última segunda-feira (31) que revelou um esquema envolvendo funcionários da prefeitura do Rio de Janeiro cerceando o trabalho da imprensa e a manifestação de cidadãos na porta de hospitais da capital carioca.

“As notícias veiculadas pelo RJTV são revoltantes e poderiam deixar o Rio, já sem governador, sem prefeito. Aguardando o JN. Uma grana dos nossos bolsos financiando ataques coordenados contra a imprensa para impedir críticas à Prefeitura”, lamentou o humorista no Twitter.

“Guardiões do Crivella [risos] era só o que não faltava. Estamos pagando funcionários públicos que fazem ponto em frente aos hospitais do município para impedir reportagens gritando: ‘Mito! Bolsomito! Aqui é patriota’”, criticou.

“E ganham bem pra isso”, destacou Adnet. “Cara, que coisa depressiva: chegar 5:45 e mandar selfie e monitorar a Globo”, debochou aos risos. Segundo a matéria, um único funcionário ganha mais de R$ 3 mil para ficar de tocaia na porta de hospitais da cidade defendendo o trabalho de Crivella e atacando a imprensa.

Alex Escobar ficou chocado com a revelação da reportagem. “Uma vergonha. Falta mais nada”, disse. “Inacreditável e inaceitável. Gente paga com dinheiro do cidadão para impedir trabalho feito para o cidadão. Quem tentou barrar matéria virou A matéria. Desvios de função e de finalidade na administração pública. Fraude denunciada. Viva o Jornalismo”, defendeu o jornalista Eudes Junior. “Milícia anti imprensa”, acusou Tico Santa Cruz.

Confira:

O post Marcelo Adnet detona Marcelo Crivella após escândalo no RJ apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.