Fernanda Paes Leme
Fernanda Paes Leme desabafa sobre uso de vibrador e se diz mal-interpretada (Imagem: Reprodução / Instagram)

Em anterior entrevista, Fernanda Paes Leme confessou que já foi presenteada com vibradores, em especial um oferecido por Ingrid Guimarães. A declaração repercutiu amplamente nas mídias, mas não agradou a atriz, que se sentiu mal-interpretada.

Relembrando a conversa, a artista exaltou o presente, descrevendo seus pontos positivos: “Ele é um sugador de clitóris. É um bafo. Indico. O Terceiro tem me ajudado muito na quarentena. De um lado na minha tomada é o carregador do celular e o carregador do vibrador“Ai, está tudo tão difícil, a gente já está sozinha. Se eu não puder gozar, não puder me masturbar… Essa palavra tem que ser normalizada. Mulheres, não tenham vergonha de se tocar, de se conhecer”.

Em seu perfil do Instagram, Fernanda fez uma montagem com várias manchetes sobre a mesma pauta e começou refletindo: “É ótimo ser uma mulher livre, independente, ativa, feminista. É realmente ótimo. Mas algumas coisas ficam confusas no meio do caminho sobre como nós, mulheres contemporâneas somos vistas ou definidas”.

Dia desses numa live que participei falando sobre minha websérie, eu mencionei, por alto, brincando, que meu vibrador quebrou do tanto que usei. Acontece, a peça tinha anos de uso. Quebrou mesmo. Demos risadas. Próximo tema… Porém vejo dia após dia, notificações e marcações sobre vibrador, vibrador, vibrador… Lancei o quarto episódio de FAKE LIVE na sexta e… Vibrador, vibrador, vibrador”, prosseguiu a famosa, criticando francamente o foco exagerado no produto erótico.

No entanto, Fernanda Paes Leme deixou claro que o seu desabafo não é um retrocesso na declaração anterior, inclusive reafirma o uso do vibrador, porém acusa a mídia de criar sensacionalismo no fato: “Eu quero deixar claro que não tenho problema nenhum em usar e falar sobre um vibrador, tanto que falei e falo normalmente. Atenção pra palavra NORMALMENTE, porque isso que é, NORMAL! É normal se dar prazer, saudável até, também é normal não querer (mas recomendo). Porém não é uma notícia. Ou não deveria ser naquele contexto”.

A atriz, no ar com seu projeto virtual de nome Fake News, contou como tal repercussão a afetou: “Não me incomoda a ponto de ficar mal, irritada, mas me entristece trabalhar, produzir, filmar, colocar um produto no ar, se virar pra reinventar minha profissão nesses momentos, e ser resumida nas chamadas de imprensa a uma pessoa que aparentemente fica em casa o dia inteiro se masturbando. Me entristece pq não é verdade e porque me limita, me apaga como profissional, afinal minha arte que deveria ser notícia naquele dia”.

Por fim, Paes Leme explicou o contexto da live onde foi extraída a fala e passou uma mensagem de autoaceitação e liberdade sexual feminina: “A live era sobre isso. Não sobre sexo, nem auto-prazer. Assunto que já falei abertamente pq acho importante que mulheres se conheçam, havia um intuito por trás disso. Não era o caso dessa vez. É frustrante que tenham absorvido apenas isso de um papo tão bacana. Enfim. Fica aqui minhas recomendações: assistam #FakeLive em meu IGTV, masturbem-se e normalizem o auto-prazer.  Mulheres também gozam! É normal, tá?!”.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Fernanda Paes Leme (@fepaesleme) em 16 de Ago, 2020 às 8:21 PDT

O post Fernanda Paes Leme desabafa sobre uso de vibrador e se diz mal-interpretada apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.