Você provavelmente já deve ter visto um efeito que viralizou recentemente no Tiktok que reproduz uma ligação em vídeo. A ideia é fingir que está em chamada para trollar alguém enquanto ela comenta algo negativo sobre a pessoa que estaria por trás da tela! A brincadeira pode até parecer inocente no início, mas é muito maldosa. Lizzie Velasquez foi uma dos alvos da zoação e levantou um debate importante sobre o assunto. 

No vídeo citado por Lizzie, uma mãe mostra ao filho uma foto da palestrante e conta que ela será sua nova professora na escola, o garoto reage com medo enquanto a mulher ri. A autora motivacional explicou que além de ser muito chato e desrespeitoso zoar as características físicas de alguém, esta é uma forma de instigar e ensinar a práticas de bullying – principalmente as crianças que são um público forte na plataforma.

Como um recado e um pedido para os pais que acompanham seu conteúdo, Velasquez relembrou a importância de ensinar desde cedo que isso é inaceitável. “Se você é um adulto que tem uma criança em sua vida, por favor, não ensine a ela que ficar assustado com a aparência de outra pessoa é algo ok. Por tudo, tudo o que essas crianças precisam saber sobre ter empatia e ser educado com o outro, começa em casa. Por favor, isso não está certo. Isso precisa parar. Somos humanos, temos sentimentos”, implorou. 

Pra quem não lembra, a Lizzie Velasquez ficou conhecida na internet depois de receber o título de “a mulher mais feia do mundo” e em 2013 viralizou com seu TED intitulado “como você se define?”onde explica que tem uma síndrome rara que faz com que ela não ganhe peso. Por conta disso, desde muito jovem sofreu preconceitos e passou por uma série de constrangimentos.

Continua após a publicidade

Que situação chata, né?