Yuri Marçal
Yuri Marçal é criticado após vídeo de humor (Imagem: Reprodução/ Instagram)

O caso da menina de 10 anos do Espírito Santo que foi submetida a um aborto neste final de semana deu o que falar. Alguns famosos se posicionaram sobre o assunto, mas nem todos os comentários foram bem vistos. Yuri Marçal compartilhou um vídeo de humor e acabou sendo detonado.

A postagem dele aconteceu neste domingo (16). Na ocasião, ele falou sobre a polêmica e recebeu muitas mensagens desaprovando seu comportamento por envolver a criança em seu texto. Logo em seguida, o humorista comentou sobre um grupo evangélico que protestou em frente ao hospital, no Recife.

“Menina lá de 10 anos, violência pesada, irmão, horrível! Se é na minha área, a cobrança ia ‘pras cabeças’. Nem vou falar pra vocês o que aconteceu… Estou tranquilão e vagabundo chega e fala, ‘qual é, Jesus, está rolando uma fita esquisita lá embaixo. Qual foi, qual vai ser? Pior, conseguiram o bagulho lá para liberar a menina [fazer o aborto] para se tratar legal, interromper a gravidez e tem vagabundo lá embaixo dizendo que você falou que não pode’. Eu? Nunca falei isso“, disparou Yuri Marçal.

Na sequência, ele falou sobre Sara Winter, que revelou o nome da menina estuprada e o endereço do hospital para onde ela foi levada. Ainda dentro do seu personagem, o famoso teceu críticas à ativista.

“Aí, me chega essa escrotinha dessa garota, essa Sara Winter, tenho um nojo dela… meu Pai!“, disse, interpretando “Jesus Favelado”.

Após a repercussão negativa, o humorista reconheceu o erro, apagou o vídeo de sua rede social e escreveu um pedido de desculpas.

“Relaxa que eu não sou do ‘é só uma piada não’. Quero fazer rir e poder rir também. Tô com vocês e, mais uma vez, desculpe pelo meu erro. Não vou dizer que não vai mais acontecer porque eu erro mermo, mas criei um alerta que é para sempre. Muito obrigado”, desabafou.

O post Yuri Marçal é detonado por citar criança estuprada em vídeo de humor e reage apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.