Visualizações: 110
0 0
Tempo:2 minuto, 54 segundos

O desfile de Pharrell para a coleção masculina da Louis Vuitton e a nova era de Beyoncé com “Cowboy Carter” deixam claro que a moda country voltou com tudo. Se essa vibe não é do seu agrado, existe uma vertente desse universo que pode ser perfeita para você, como uma quiet… (prometo que não vou escrever o termo completo) do campo.

Intitulada “countryside”, essa estética se inspira no universo mais clean e funcional do ar livre, combinando elementos de aristocracia e utilitarismo em tons neutros, alfaiataria e praticidade. Referenciando jogos de polo, o uniforme off-duty da família real britânica e um espírito bucólico e elegante. Ficou interessada? Vem cá que eu explico melhor.

Uma das musas da estética é, sem dúvidas, a princesa Diana, que era frequentemente fotografada assistindo a partidas de rugby ou polo, usando combinações que têm tudo a ver com o estilo. Isso prova, mais uma vez, que sua influência na moda é eterna. Dentre seus queridinhos, destaca-se a icônica parka da marca Barbour em verde oliva.

Na verdade, todos os membros da Família Real do Reino Unido, começando pela Rainha Elizabeth II, são os melhores representantes do visual countryside. Este estilo é composto por vários itens clássicos do guarda-roupa, como parkas, blazers, botas de montaria e cardigans, sempre unindo polidez e uma certa formalidade ao conforto, sem esquecer de um leve toque excêntrico para evitar a monotonia.

O lenço na cabeça, seja de seda ou de lã para os dias mais frios, é uma das marcas registradas, trazendo a ideia de glamour sem esforço. É um bônus se forem estampados em xadrez ou com motivos equestres.

As campanhas de marcas como Ralph Lauren e Tommy Hilfiger durante a década de 90 são outras fontes recorrentes de inspiração para capturar esse clima countryside.

O seriado “The Gentleman”, que estreou recentemente na Netflix, é ambientado na alta sociedade inglesa e oferece diversas inspirações para adotar a estética.

Nas passarelas, versões estilizadas das parkas, um item favorito dos membros da coroa inglesa, ganharam espaço. Elas aparecem nas formas tradicionais em material impermeável, em matelassê e em comprimentos variados. Assim como os barn coats, que são bem similares e foram criados originalmente para trabalhar nos estábulos.

O styling faz toda a diferença e a jaqueta pode mudar de contexto instantaneamente, dependendo da maneira como é combinada.

Foi Miuccia Prada quem deu início ao movimento com a coleção de verão 2024 da Prada, mas para o inverno 2024, são Bottega Veneta, Chloé e Burberry que reforçam o coro e se apropriam ainda mais do espírito. Vale lembrar que nunca de maneira literal, o desafio é emprestar uma leitura mais contemporânea ao look.

Refinamento e apelo relaxante se encontram na versão modernizada da estética; a proposta é usar o look com uma atitude despretensiosa. A Djerf Avenue, marca queridinha da influencer Matilda Djerf, e a Sporty & Rich recentemente lançaram coleções baseadas nesta temática.

O elemento equestre também é essencial aqui, com botas de montaria remetendo ao uniforme de amazonas. Afinal, não é à toa que o termo “horse girl” entrou no vocabulário pop.

Claro que existem fatores em comum com o country clássico. O mix entre camurça e jeans, mas sempre aliado a uma certa estrutura, traz um toque mais refinado ao visual. A bota cowboy também entra aqui, complementando o estilo com um elemento icônico.

Ao invés do chapéu de cowboy, a aposta é no boné. Trazendo o ar esportivo que tem bastante relação com o mood.

Sobre o autor da postagem

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário