Visualizações: 57
0 0
Tempo:1 minuto, 10 segundos
Fábio Ramalho
Fábio Ramalho foi vítima de intolerância religiosa por um motorista da Uber (Imagem: Reprodução / Instagram)

A sexta-feira (18) não foi nada agradável para o apresentador Fábio Ramalho. Antes de chegar na Record para trabalhar, o profissional foi para uma delegacia perto de sua casa para abrir um boletim de ocorrência por um episódio de intolerância religiosa que sofreu.

Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, tudo começou quando o jornalista pediu um carro no aplicativo Uber para levá-lo para a sede da emissora. Na sequência, o motorista do aplicativo pediu para ele aguardar alguns minutos.

Sem entender a razão, Fábio esperou. Passados cinco minutos, Ramalho disse que iria cancelar a corrida. Foi aí que o motorista não gostou, expulsou o jornalista do carro e gritou “evangélico”, em tom de crítica.

De acordo com a publicação, o apresentador da Record não revelou sua religião em nenhum momento, mas acha que o profissional tenha disparado o que disse por causa do seu destino final, já que a emissora é de Edir Macedo.

“Isso mostra o preconceito que é visceral e que as pessoas só põe para fora em momentos assim. Até isso acontecer a gente acha que as pessoas não tem preconceito nenhum”, disse Fábio.

O post Apresentador da Record acusa motorista de aplicativo de intolerância religiosa apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.

Sobre o autor da postagem

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %