Neto
Neto detona governador Wilson Witzel ao vivo na Band (Imagem: Reprodução / Band)

Ao vivo na Band, Neto soltou o verbo contra os últimos governadores do estado do Rio de Janeiro e, especialmente, Wilson Witzel (PSC), que foi afastado das suas funções pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) após ser alvo de investigação por suspeitas de fraude em compras na área da saúde durante a pandemia do novo coronavírus.

“Lá no Rio de Janeiro, quando o governador vai passar a faixa para o outro, não passa, passa a tornozeleira. As faixas de governador do Rio de Janeiro estão cheias de naftalina. As tornozeleiras, todas novas”, alfinetou o apresentador do Os Donos da Bola.

“Olha onde nós estamos chegando. Aí vocês querem ficar bravo comigo, que falei um negócio errado, com o Edílson que criticou, com o Velloso que não deu entrevista para um Zé Ruela, ou com o Fernandinho…”, detonou.

Neto não foi o único que se manifestou sobre o escândalo envolvendo Witzel. Após um comentário de Bruno Gagliasso, que lamentou a situação do Ministério da Saúde sem um ministro, Fábio Porchat reagiu: “Menino, e eu que estou sem presidente, governador e prefeito…?”, ironizou se referindo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos).

O ministro Benedito Gonçalves foi quem decidiu pelo afastamento, que tem validade de 180 dias. Além disso, o governador foi denunciado pela PGR (Procuradoria-Geral da República). Ele, a primeira-dama Helena Witzel e mais sete são suspeitos de integrarem um esquema de pagamentos de propina que teria como elo comum o escritório de advocacia de Helena.

Confira:

O post Neto rasga o verbo contra Wilson Witzel após escândalo de corrupção apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.