Os Estados Unidos criaram 1.763.000 de empregos em julho, mostrando que o mercado de trabalho da maior economia do mundo continua se recuperando da crise causada pela da pandemia da Covid-19. Os dados com ajustes sazonais publicados foram publicados nesta sexta-feira, 07, pelo Departamento do Trabalho. Ao mesmo tempo, a taxa de desemprego no país caiu de 11,1% em junho para 10,2% no mesmo período. Os números de criação de postos de trabalho de junho e maio foram revisados, para 4,791 milhões e 2,725 milhões, respectivamente.

O salário médio por hora dos trabalhadores aumentou 0,24% em julho ante junho, chegando a US$ 29,39 por hora. Na comparação anual, houve acréscimo de 4,78%. Apenas o setor privado dos EUA criou 1,462 milhão de empregos em julho, enquanto o governo abril 301 mil vagas. Já a fatia da população americana que participa da força de trabalho recuou marginalmente na passagem de junho para julho, de 61,5% para 61,4%.

*Com informações do Estadão Conteúdo